Política de privacidad de canal de denuncias

De acordo com o Regulamento Europeu 2016/679 (doravante, o “RGPD”) e a Lei Orgânica 3/2018, de 5 de dezembro, sobre a proteção de dados pessoais e garantia de direitos digitais, fornecemos-lhe as seguintes informações:

 

Quem é responsável pelo tratamento dos dados pessoais que fornece à Administradora de Arquivos, S.A.?

  • Identidade do responsável de Tratamento: Administradora de Archivos, S.A.
  • Endereço: Avenida de Miralcampo, 7 bis, Azuqueca de Henares 19200 – Guadalajara
  • E-mail: calidad@adea.es

 

Quem é o Encarregado de Proteção de Dados da Administradora de Arquivos, S.A.?

  • Primeiro e último nome: Javier López Lorda
  • E-mail: javier.lopez@adea.es
  • Telefone: 680 831 106

 

Que TRATAMENTOS vamos realizar com os seus dados, para que FIM, que LEGITIMAÇÃO temos e quanto tempo os manteremos?

DADOS PESSOAIS RECOLHIDOS

FINALIDADE (Utilização de Dados)

PORQUE

podemos usá-los (Base Jurídica)

TEMPO de conservação

√ Primeiro e Último Nome (Quando Fornecidos)

√ E-mail

√ Telefone (Quando fornecido)

√ Conteúdo da Denúncia

 

O objetivo do processamento é gerir a sua notificação de incidente, realizar a investigação dos factos relatados, informá-lo sobre o resultado do procedimento, bem como, se for o caso, adotar medidas disciplinares e/ou intentar ações legais, ou de outra índole, que possam prosseguir perante os órgãos competentes.

A base jurídica do tratamento é o interesse legítimo da ADEA em investigar eventuais condutas irregulares que violem os princípios contidos no Código de Conduta Geral e nos regulamentos de execução e, em particular, nos atos que podem constituir infrações penais e irregularidades de natureza contabilística e financeira.

Os dados da pessoa que formula a comunicação, dos colaboradores e de terceiros serão mantidos no sistema de denuncias apenas pelo tempo necessário para decidir sobre a proveniência de iniciar uma investigação sobre os factos denunciados.

Uma vez que o objetivo da conservação é deixar evidências do funcionamento do modelo de prevenção da comissão de delitos pela pessoa jurídica, os processos serão mantidos indefinidamente.

As queixas que não tenham sido apresentadas serão mantidas sobre anonimato, sem a aplicação da obrigação de bloqueio prevista no artigo 32 da presente lei orgânica.

 

Obrigação ou não fornecer os dados e consequências de não o fazer

No caso de o denunciante se recusar a fornecer os seus dados, ADMINISTRADORA DE ARQUIVOS, S.A., não poderá dar seguimento à denúncia.

Os dados indicados com um asterisco são obrigatórios. Se não os completar, o incidente não poderá ser reportado e, portanto, processado.

Declara que os dados fornecidos no formulário são verdadeiros, sendo o único responsável pelos dados falsos ou imprecisos que fornece e pelos danos causados à ADMINISTRADORA DE ARQUIVOS, S.A. e a terceiros, pelas informações falsas que fornece.

Até que nos diga o contrário, entenderemos que os seus dados não foram modificados, comprometendo-se a notificar-nos de qualquer variação que ocorra nos mesmos.

 

Está a planear fazer transferências internacionais com os seus dados?

Não foram efetuadas nem estão previstas transferências internacionais. Caso contrário, ADMINISTRADORA DE ARQUIVOS, S.A. notificaria as partes interessadas desta transferência.

 

A que destinatários os seus dados serão comunicados?

Os destinatários dos dados serão, para além dos relevantes por obrigação legal (Organismos Públicos, Forças e Órgãos de Segurança do Estado, bem como juízes e tribunais..), apenas empresas profissionais que prestam serviços para ADMINISTRADORA DE ARQUIVOS, S.A. para a resolução da denuncia: despacho de advogados, etc. com o que a ADMINISTRADORA DE ARQUIVOS, S.A. assina um contrato de tratamento segundo os termos do Regulamento (UE) 2016/679, de 27 de abril de 2016, e da Lei Orgânica 3/2018, de 5 de dezembro, de proteção de dados pessoais e a garantia de direitos digitais.  

 

Quais são os seus direitos quando fornece os seus dados?

Tem o direito de:

  • Obter a confirmação sobre se na ADMINISTRADORA DE ARQUIVOS, S.A estamos a processar dados pessoais que lhe concernem ou não.
  • Aceder aos seus dados pessoais.
  • Solicitar a retificação de dados imprecisos.
  • Solicitar a sua supressão quando, entre outras razões, os dados deixarem de ser necessários para as finalidades que foram recolhidos.
  • Em determinadas circunstâncias, poderá solicitar a limitação do tratamento dos seus dados, caso em que apenas os guardaremos para o exercício ou defesa de possíveis reclamações.
  • Em determinadas circunstâncias e por razões relacionadas com a sua situação particular, poderá opor-se ao tratamento dos seus dados. ADMINISTRADORA DE ARQUIVOS, S.A. deixará de processar os dados, exceto por razões legítimas imperativas, ou pelo exercício ou defesa de eventuais reclamações.
  • Solicitar portabilidade de dados.
  • Retire os consentimentos fornecidos em qualquer momento, sem que afete a licitude do processamento com base no consentimento prévio à sua retirada.  
  • Reclamar perante a Autoridade de Controlo dos dados referentes à sua pessoa incluídos nos nossos ficheiros, ou nos de empresas profissionais que prestam serviço para a ADMINISTRADORA DE ARQUIVOS, S.A, nos termos estabelecido no Regulamento Geral de Proteção de Dados (Regulamento (UE) 2016/679) e a Lei Orgânica 3/2018, de 5 de dezembro, sobre a proteção de dados pessoais e a garantia de direitos digitais.

 

Como pode exercer os seus direitos?

Pode contactar, mediante pedido por correio postal, a ADMINISTRADORA DE ARQUIVOS, S.A, com endereço na Avda. Miralcampo, 7 bis, Polígono Industrial Miralcampo, 19200, Azuqueca de Henares (Guadalajara), Espanha; ou por e-mail para: calidad@adea.es com indicação do pedido correspondente e acompanhado de uma cópia do Documento de identificação ou documento comprovativo da Identidade.

Tenha em consideração que podem existir obrigações legais que devemos cumprir e que nos levarão a rejeitar os seus pedidos ou conservar certas informações.

Por último, informamos que pode contactar a Agência Espanhola de Proteção de Dados e outros organismos públicos competentes para qualquer reclamação decorrente do tratamento dos seus dados pessoais.

Recordamos que, se nos fornecer dados relativos a outra pessoa singular, deverá, com caráter prévio à sua inclusão, informá-lo dos pontos contidos na presente cláusula.

 

Os seus dados estão seguros em Administradora de Arquivos, S.A.?

ADMINISTRADORA DE ARQUIVOS, S.A, compromete-se a cumprir a sua obrigação de sigilo dos dados de caráter pessoal e do seu dever de os conservar e proteger através de medidas de segurança, de índole técnica e organizacional, que garantam a sua segurança, evitem a sua alteração, perda, deterioração, tratamento ou acesso não autorizado e os possíveis riscos a que possam estar expostos nos termos estabelecidos no Regulamento Geral de Proteção de Dados (Regulamento (UE) 2016/679) e Lei orgânica 3/2018, de 5 de dezembro, sobre a proteção de dados pessoais e garantia de direitos digitais.

Não obstante deste facto, ADMINISTRADORA DE ARQUIVOS, S.A é uma empresa certificada de acordo com a norma UNE-ISO/IEC 27001:2014 Sistemas de Gestão de Segurança da Informação. Isto implica que dispõe de um sistema de gestão implementado que gera um importante compromisso com a segurança da informação, devido à existência de registos e medidas de controlo que permitem garantir a segurança da informação na organização e que estes esforços podem ser demonstrados. Para o efeito estamos sujeitos a auditorias externas e internas anuais que garantam o cumprimento desta norma.

Deste modo, confirmo que conheço e compreendo a informação sobre a presente política de proteção de dados e privacidade relativamente aos meus dados.