POLÍTICAS DO SGI

A AdeA dispõe de um Departamento de Qualidade cujas funções, entre outras, incluem garantir que o SGI está atualizado e de acordo com os regulamentos para manter certificações nas normas em que a AdeA é certificada, bem como manter e gerir toda a documentação e registos do SGI, monitorizando continuamente os procedimentos estabelecidos.

Pode enviar-nos quaisquer questões relacionadas com a Qualidade através do e-mail calidad@adea.es

POLÍTICA DE QUALIDADE E AMBIENTE DA ADEA

A Política de Qualidade e Ambiente da AdeA é procurar, através da qualidade, serviço e respeito pelo meio ambiente, satisfazer ou superar as expectativas dos nossos clientes, estabelecendo critérios de atuação responsáveis.

A AdeA existe porque os seus clientes existem. Consequentemente, a qualidade é atender às suas necessidades em preços, prazos e níveis de serviço.

A Política de Qualidade e Ambiente da AdeA  deve procurar não só a satisfação do cliente, mas também a otimização global dos  de  recursos da AdeA..

Todas  as atividades devem ser realizadas com a abordagem DE MELHORIA CONTÍNUA,que consiste em planear as atividades,  executar conforme planeado, avaliar os resultados e atuar sobre elas. Existe um compromisso da Direção relativamente à prevenção da contaminação, cumprindo sempre os requisitos legais existentes.

Esta Administração compromete-se a fornecer todos os meios necessários para cumprir os objetivos de melhoria estabelecidos ao longo do tempo, bem como informar todo o pessoal dos resultados obtidos.

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO ADEA

É um objetivo prioritário para a AdeA garantir a segurança das informações relacionadas com os seus clientes e, em particular, dessa informação, independentemente do apoio em que se encontra, pertencente aos seus clientes, a que a AdeA acede como prestadora de serviços, garantindo a sua custódia e segurança.

O objetivo da segurança da informação é proteger a informação das ameaças existentes para garantir a continuidade do negócio, minimizar os riscos e maximizar o retorno sobre o investimento e oportunidades de negócio.

A especial consideração estará em conformidade com a legislação aplicável em proteção de dados e afetará o tratamento de informações dos clientes da AdeA.

Para o cumprimento destes objetivos, serão tomadas as medidas técnicas e organizativas necessárias para garantir a sua segurança nas três dimensões: confidencialidade, disponibilidade e integridade.

As medidas técnicas e organizativas implementadas serão revistas periodicamente, de modo a garantir o controlo do seu cumprimento, bem como o seu bom funcionamento, garantindo assim que cumpram o seu objetivo de segurança. Para o efeito, foram definidos alguns indicadores, a fim de poderem avaliar o correto funcionamento das salvaguardas implementadas e avaliar os resultados obtidos e o cumprimento dos objetivos definidos.

Foram estabelecidas as seguintes garantias na AdeA:

  • O cumprimento dos regulamentos em vigor que lhe são aplicáveis e, em particular, a legislação relativa à proteção de dados, bem como as obrigações contratuais assumidas com os seus clientes.
  • Estabelecer uma política de formação contínua dos seus colaboradores no domínio da segurança, garantindo a sua formação e sensibilização na importância de cumprir os procedimentos estabelecidos. Esta formação e formação serão exigidas aos fornecedores da AdeA e colaboradores externos. O incumprimento das políticas de segurança por parte dos trabalhadores resultará numa ação disciplinar de acordo com o acordo dos trabalhadores e dentro do quadro legal aplicável, e dimensionado para o impacto que têm na organização.
  • A Direção da AdeA estabelecerá os critérios de avaliação dos riscos, de modo a que todos os cenários que envolvam um nível de risco inaceitável sejam adequadamente abordados. No âmbito do SGSI, a Adea estabeleceu um Plano de Continuidade Empresarial que é mantido atualizado de acordo com as necessidades da Empresa e dimensionado para os riscos que o afetam.
  • A responsabilidade global pela segurança da informação cabe ao Gestor da SGSI, com a responsabilidade final da gestão como o responsável máximo pelo SGSI. Cada utilizador deve informar incidentes de segurança utilizando as diretrizes estabelecidas pela AdeA.
  • Tudo definido nesta política será realizado e desenvolvido nos regulamentos e procedimentos da SGSI, que se integram com outros sistemas de gestão da organização, formando o SGI AdeA, partilhando recursos para otimização e procurando uma melhoria contínua da eficiência e eficiência da gestão de processos.

Esta política aplica-se a todo o pessoal e recursos no âmbito do SGSI, é-lhes dado conhecimento e é comunicada a todas as partes interessadas que devam aderir formalmente a ela.

POLÍTICA DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO DA ADEA

A AdeA é uma empresa líder e consolidada no sector da Gestão de Custódia e Arquivos em crescimento e expansão contínua desde 2001.

Em reconhecimento da importância do seu capital humano, a AdeA estabelece nas suas prioridades a implementação e melhoria contínua de um Sistema de Gestão e Segurança no Trabalho apoiado pela gestão (SGSST), que visa assegurar o completo bem-estar físico, mental e social dos seus trabalhadores, proporcionando locais de trabalho seguros e adequados.

Deste modo, todas as regras e regulamentos estabelecidos na SGSST são obrigatórios para todos os trabalhadores, empreiteiros e visitantes ligados à Organização.

Para cumprir o compromisso assumido, a AdeA compromete-se a:

  • Proporcionar aos trabalhadores uma proteção eficaz do OSH adequada à natureza e magnitude dos riscos identificados, monitorizando-os em cada tarefa e na organização, permitindo um melhor desenvolvimento abrangente, na prevenção e deterioração da saúde.
  • Garantir a manutenção de um ambiente de trabalho seguro, comprometendo-se a integrar na gestão empresarial a prevenção de riscos profissionais, assumindo a responsabilidade e atribuindo os meios humanos e materiais necessários à prevenção, bem como a tomar as medidas necessárias, organizativas e formativas e informações, com o objetivo de melhoria contínua do SGSST e do seu desempenho.
  • Respeite as normas legais e outros requisitos que a AdeA subscreve a que está relacionado com os perigos para a OSH.
  • Compromisso com a criação e revisão dos objetivos regularmente previstos no OSH.
  • Compromisso da direção sénior na revisão periódica do SGSST e na adoção de medidas para melhorar o OSH dos trabalhadores da AdeA.
  • Participar nesta Política a todos e a todos os trabalhadores que atem na AdeA, demonstrando total consciencialização e colaboração dentro da estrutura empresarial em termos de segurança e saúde. Esta Política estará sempre disponível para as partes interessadas.

Por esta razão, a AdeA está empenhada na melhoria contínua do seu sistema de gestão, no cumprimento dos requisitos legais aplicáveis e outros, bem como na alocação dos recursos necessários para essa melhoria.

A AdeA está consciente da importância de garantir o cumprimento de todos os acordos contratuais acordados com cada um dos seus clientes. Por esta razão, em caso de situação de emergência ou de crise, a administração opta por tomar uma série de medidas para restabelecer os serviços prestados o mais rapidamente possível.

Com a implementação de um Sistema de Continuidade Empresarial, a AdeA persegue os seguintes objetivos:

  • Prevenir, identificar e minimizar riscos que possam perturbar as suas atividades operacionais de rotina e que possam ter um impacto negativo na relação contratual com os seus clientes, permitindo uma resposta adequada e oportuna a imprevistos.
  • Prepare o pessoal para agir de forma adequada e eficaz face aos incidentes.
  • Cumprir os prazos de recuperação estabelecidos no Plano de Continuidade Empresarial.
  • Para tornar o Plano de Continuidade Empresarial eficaz, evitando tomar decisões improvisadas que possam comprometer a continuidade do negócio e as expectativas e serviços prestados pela AdeA a cada um dos seus clientes.
  • Certifique-se de que o Plano de Continuidade de Negócios é mantido atualizado e disponível quando uma situação de crise ou emergência pode surgir que requer implementação.
  • Estabelecer uma liderança clara e uma organização eficaz face a situações de crise.
  • Minimizar o risco de interrupções nas Operações diárias da Empresa na sequência da metodologia PDCA (Planície, Do, Check, Act) característica de todos os Sistemas de Gestão.

Ao estabelecer esta Política, a AdeA manifesta o seu compromisso de assegurar o desenvolvimento, implementação e revisão do Sistema de Gestão da Continuidade do Negócio.

A Direção é responsável por garantir que o Sistema de Continuidade do Negócio seja devidamente executado, eficiente e continuamente melhorado, dando a conhecer a todos os colaboradores da AdeA..

POLÍTICA DE CONTINUIDADE DE NEGÓCIO

A AdeA está consciente da importância de garantir o cumprimento de todos os acordos contratuais acordados com cada um dos seus clientes. Por esta razão, em caso de situação de emergência ou de crise, a Direção opta por adotar uma série de medidas que permitam a recuperação dos serviços prestados o mais rapidamente possível.

Com a implementação de um Sistema de Continuidade de Negócio, a AdeA persegue os seguintes objetivos:

  • Prevenir, identificar e minimizar os riscos que podem interromper as suas atividades operacionais de rotina e que podem ter um impacto negativo na relação contratual com os seus clientes, permitindo uma resposta adequada e oportuna a imprevistos.
  • Preparação do pessoal para agir de forma adequada e eficaz face aos incidentes.
  • Cumprir os prazos de recuperação estabelecidos no Plano de Continuidade de Negócio.
  • Conseguir que o Plano de Continuidade de Negócios seja eficaz, evitando tomar decisões improvisadas que possam colocar em risco a continuidade do negócio e as expectativas e serviços prestados pela AdeA a cada um dos seus clientes.
  • Certificar-se de que o Plano de Continuidade de Negócio está atualizado e disponível no momento em que pode surgir uma situação de crise ou emergência que exija a sua implementação.
  • Estabelecer uma liderança clara e uma organização eficaz em situações de crise.
  • Minimizar o risco de interrupções nas operações diárias da Empresa seguindo a metodologia PDCA (Plan, Do, Check, Act) característica de todos os Sistemas de Gestão.

 Ao estabelecer esta Política, a Direção da AdeA manifesta o seu compromisso de assegurar o desenvolvimento, implementação e revisão do Sistema de Gestão da Continuidade do Negócio.

A Direção de Topo é responsável por garantir que o Sistema de Continuidade do Negócio seja devidamente executado, eficiente e continuamente melhorado, dando a conhecer a todos os colaboradores da AdeA.

CONSULTA A UN EXPERTO